quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

TUDO QUE UM MODELO E MANEQUIM DE PASSARELA E FOTOGRÁFICO PRECISA SABER...



APOSTILA DO CURSO DE  MODELO E MANEQUIM DE PASSARELA E FOTOGRÁFICO
- DICAS PARA INGRESSAR NA CARREIRA DE MANEQUIM E MODELO DE PASSARELA E FOTOGRÁFICO -
Áreas de atuação:
- FASHION: É aquela pessoa que faz desfiles em passarelas. O ideal é que seja alta e magra. Não é necessário que seja tão bonito, podendo até ter uma beleza diferente (meio exótica).
- COMERCIAL: É aquela que faz fotos e comerciais. Não é necessário um corpo perfeito, isto é, mesmo as mais baixinhas ou até um pouco gordinhas podem alcançar sucesso nesta área. Neste caso tem que ser fotogênica e expressiva. 

 PARA ENTRAR NESTAS CARREIRAS O IDEAL É:
1- Entrar em contato com pessoas que trabalhem na área (agências, escolas de modelos, etc.).
2- Se possível, é bom fazer um curso básico de modelo ou teatro/ator.
3- Fazer algumas fotos básicas (sem muita produção) feito por um fotógrafo da área.
4- Enviar as fotos ou procurar diretamente uma agência. 
 5- Você pode também participar de grandes concursos promovidos pelas agências.
É bom saber que o pessoal das agências  não poderão lhe oferecer uma atenção especial. Por isso ao entrar em contato com uma agência esteja preparado (a) para tratamentos bruscos, pois os mesmos têm que fechar dezenas de acordos com clientes, modelos, etc. e na maioria dos casos estão muito ocupados. 



PARA SE SOBRESSAIR UM MANEQUIM OU MODELO DEVE TER:  
- Pontualidade: Ser modelo é como trabalhar em qualquer outro lugar e as pessoas exigirão muita responsabilidade e profissionalismo. Chegue aos seus compromissos com pelo menos 15 minutos de antecedência. Tenha paciência para ser atendido em um teste ou agência.
- Disposição: Para repetir as fotos e filmagens quantas vezes forem necessários ou até para entrar na água em um dia frio ( se necessário). O modelo tem que gostar do que faz e se dedicar ao máximo.
- Desinibição: A modelo não pode ter vergonha de nada em hipótese alguma. O trabalho sempre expõe a pessoa, por isso nunca tenha vergonha de ser fotografada ou filmada em uma rua movimentada ou trocar de roupa junto com pessoas de outro sexo ( nos desfiles os camarins são os mesmos para homens e mulheres).
- Independência: Para ir em alguns lugares sozinhas sem depender de outras pessoas. É fundamental que o modelo saiba pegar um ônibus ou metrô caso necessário. No início, é sempre bom que um responsável o acompanhe nos primeiros contatos.
 CUIDADO: se alguma pessoa se identificar como caçador de talentos, pegue um cartão dele ou anote o nome e telefone da agência que ele diz trabalhar. Desconfie quando te fizerem muitas promessas: há muitos falsos "caçadores de talentos" que iludem os candidatos a modelos. NÃO DÊ O SEU TELEFONE OU ENDEREÇO EM HIPÓTESE ALGUMA. 
PROCURE EVITAR também as excursões que levam modelos para os grandes centros como Rio e São Paulo. Geralmente são organizadas por pessoas exploradoras. Procure entrar em contato diretamente com a agencia ou seu representante local.   
AO PROCURAR UM FOTÓGRAFO, pegue referência do mesmo com as agências ou modelos da sua região. Vá sempre acompanhado de um responsável (maior de idade). 

MINI DICIONÁRIO DO MODELO
ESTAS SÃO APENAS ALGUMAS DAS PALAVRAS USADAS NESTE MEIO
- BOOK: É um álbum geralmente com 10 fotos no tamanho 20x30 Cm e com trabalhos do modelo.
- CACHÊ: Pagamento que o modelo recebe por um trabalho.
- CAST: Elenco de modelos de uma agência.
- CASTING: Uma seleção de modelos ( ou teste ) para um determinado trabalho.
- COMPOSITE: É um cartão impresso com as melhores fotos e medidas do modelo.
- COMISSÃO: Percentual do pagamento do modelo destinado à agência que o promove.
- LOCAÇÃO: Lugar fora do estúdio onde será feito a fotografia ou filmagem.
- NEW FACE: Modelo que ingressou recentemente na carreira.
- SCALTER ou TALENT HUNTER: Caçador de talentos.
- TOP MODEL: Modelo que está em evidência em uma agência.

CASO QUEIRA EMAGRECER:
- Evite métodos rápidos (como remédios ou regimes milagrosos )
 - O ideal é fazer uma dieta balanceada (evitando chocolates, refrigerantes e frituras), comendo um pouco menos que o habitual e  completando a alimentação com frutas e verduras. 
- Evite comer após as 19 Horas e muito menos coma antes de dormir. 
- Faça exercícios aeróbicos: os melhores exercícios para perder peso é caminhar, correr ou fazer ginástica aeróbica. 

DICAS PARA SE DESTACAR NA PROFISSÃO
- É bom lembrar que a roupa não faz o manequim, e sim o manequim que faz a roupa ou qualquer outro produto que esteja anunciando. Em um desfile ou propaganda o mais importante é o produto que está anunciando e não o modelo.
- Não tente chamar a atenção, o que deve ser destacado é a roupa e não você.
- Incorpore o estilo da roupa para poder expressá-lo.
- Uma modelo “ganha pontos" se manter o camarim organizado e não sujar as roupas que está usando (pois as mesmas não são suas).
- Não queira escolher a roupa ou maquiagem que usará para fazer um trabalho.
- Caso tenha que passar uma roupa justa pela cabeça, proteja a mesma com as mãos ou peça a ajuda de alguém para não suja-la de maquiagem.
- Seja rápido (a): No camarim, os tempos para trocas são muito curtos.
- Use desodorante anti transpirante sem cheiro (para que a roupa não fique com o seu perfume). Não use perfumes ao fazer um trabalho
- Nunca mexa no cabelo ou maquiagem depois que estiverem prontos.
- Não ande descalço no camarim ou estúdio para não sujar os pés.
- Para fazer alguns trabalhos fotográficos e filmagens o modelo precisará ser um pouco de ator ou atriz, isto é, saber representar, se expressar, e ter uma boa dicção em alguns casos. Um curso de teatro o ajudará muito.
- O MODELO DEVE REPRESENTAR PARA A CÂMERA COMO UM ATOR PARA O PÚBLICO.
- Cumpra sempre as recomendações que lhe forem feitas. Se for para ir ao trabalho com bermuda e camiseta e sem maquiagem, nada de aparecer por lá com um vestido preto e toda maquiada.
- O modelo deve sempre encarar o trabalho com seriedade, sem nenhuma brincadeira ou passatempo, pois vai estar com outros profissionais (produtores, maquiadores, fotógrafos) e todo mundo espera que você leve o trabalho a sério.
- Evite de chegar ao trabalho (fotos e desfiles) com marcas de biquínis, relógios ou de roupas íntimas.
- Procure dormir cedo na véspera de fotografar ou filmar para evitar olheiras.
- Lembre-se de seguir todas as orientações que lhe forem feitas e não tenha restrições quanto a roupa ou maquiagem que usará para o trabalho.
- O book deve "vender" o modelo, por isso deve ser sempre atualizado com fotos recentes. No início da carreira o mesmo não deve ter muita produção.
- EVITE TOMAR SOL: AS MODELOS NÃO PODEM TER MARCAS DE BRONZEAMENTO
- Evite levar parentes ou amigos nos trabalhos que conseguir. O pai ou a mãe podem ir somente aos primeiros contatos com a agência para saber como a mesma funciona. Nunca leve namorado ou amiga. Já (o modelo infantil (com menos de 12 anos) deve sempre estar acompanhado do pai ou mãe)
1) DICAS PARA QUEM  QUER SER MODELO
Olhe no espelho e tenha um senso crítico para responder se você leva jeito de Top Model ou Modelo fotográfico.
Para não ter dúvidas, seguem as principais dicas que poderão ajudar você na auto-avaliação e conduzi-la(o) aos primeiros passos para chegar ao sucesso:
(A) Se você tem acima de 15 anos e tem menos de 1,73 de altura (feminino) e 1,83 (masculino), você poderá optar pela área de Modelo fotográfico, são as (os) que fazem propagandas em revistas, comerciais de TV, participações em novelas, campanhas, catálogos, etc. (trabalhos que não precisam desfilar, em caso de o cliente querer que você desfile o contratante já avaliou vc como modelo fotográfico e você não pode fazer feio desfilando, por isso a importância de se preparar no curso ministrado pela agência mesmo não tendo altura )…
(B) Se você tem acima de 15 anos e tem 1,73 de altura ou mais (feminino) e 1,83 de altura ou mais (masculino), você poderá optar pela área de Modelo e também Manequim, podendo realizar os mesmos trabalhos de modelo e também desfilar.
Obs.: Pessoas com menos de 15 anos, não é exigido uma altura específica.
(C)  Você não pode ser apenas “bonitinha(o)”, tem que se cuidar; pele, corpo modelado, cabelos saudáveis, dentes bem cuidados, e um ótimo visual, tudo isso, sem exageros! Use roupas que valorizem seu corpo, sem parecer vulgar.
(D) Quando for procurar uma agência, não exagere na maquiagem, os profissionais da moda, deverão vê-la(o) como você realmente é, para depois produzi-la(o) da maneira correta.
(E)  Não se preocupe em tirar fotos profissionais antes de procurar uma agência. Você precisa somente de fotos caseiras do corpo inteiro, frente e costa, e do seu rosto. Assim que seus dados e medidas são avaliados no setor de New Faces, você recebe treinamentos e instruções para as fotos profissionais que não poderá ser feitas com qualquer um, a agência indicará alguém de confiança para não gastar seu dinheiro em vão. Estas fotos são exigidas para este milionário e concorrido mercado de trabalho.
(2) BOOK PROFISSIONAL
A IMPORTÂNCIA EM FAZER SEU BOOK
Quer trabalhar com uma agência de modelos ou “freelance”, vai precisar de fotografias. Fotografias para o ‘composite’, portfolio e para colocar online. Estas fotografias têm simplesmente a função de mostrar ao cliente aquilo que o modelo é capaz de fazer, qual o seu visual. Antes de que a agência possa propor os seus serviços aos clientes, o candidato a modelo que pretende que a agência o(a) represente deve saber “vender-se” á agência. Deve convencer os responsáveis da agência a investir tempo e dinheiro a representá-lo(a). Aqui um conjunto de fotografias profissionais que o(a) favoreçam é fundamental. Apresentar fotografias profissionais demonstra empenho, profissionalismo, e se as fotografias forem realmente boas, grandes possibilides em conseguir ótimos trabalhos.As fotografias para o seu “book” são um investimento em si próprio(a): real, útil, concreto e; como recordação poderão durar toda a vida.
MATÉRIA DA AFMPB SOBRE O ASSUNTO
Em primeiro lugar, ter um bom Book Fotográfico é realmente necessário. Mas um fotógrafo não poderá realizar um bom trabalho sem um profissional de maquiagem de qualidade. Além do mais, você não deve contar apenas com um estilo de foto. É preciso variar as poses, lugares roupas, estilos, olhares, movimentos, etc. Um Book Fotográfico (pasta contendo fotos ampliadas) pode abrir portas. Por meio dele, produtores de revistas e publicidade, estilistas, clientes de moda e beleza avaliam o potencial, a fotogenia e a desenvoltura do Modelo frente às câmeras. É ele quem vai “vender” a imagem do Modelo e garantir sua seleção para um desfile, um editorial de moda ou mesmo um filme publicitário. É a forma de ingressar no mercado de trabalho publicitário e/ou artístico. O Book é um instrumento de grande importância para qualquer Modelo que queira destacar-se ou ingressar no mercado de publicidade em geral, até mesmo para Manequins de Passarela no mundo “fashion”. Sem um Book é muito improvável que alguém siga carreira.
Fonte: AFMPB



(3) SESSÃO DE FOTOS
COMO ESCOLHER UM FOTÓGRAFO PROFISSIONAL
Obviamente para maximizar o impacto das suas fotografias estas devem ser realizadas por um fotógrafo profissional especializado. Na escolha do fotógrafo para o seu ‘book’, deverá considerar duas questões importantes na compra de qualquer produto ou serviço: a qualidade e o preço. A qualidade do serviço que lhe será prestado depende essencialmente do serviço que quiser adquirir; dos conhecimentos e talentos do fotógrafo que realizará o serviço; e da motivação (do fotógrafo e do modelo) em realizar um bom trabalho. Para avaliar a qualidade do trabalho do fotógrafo é essencial que veja o seu portfolio. Não deverá contratar um fotógrafo sem ver o seu portfolio. Este deverá ser um portfolio na área da moda, retrato-publicitário, ou em books para modelos. De nada lhe servirá contratar o melhor fotógrafo de paisagem do país, pois o mais provável será ele não faça um trabalho á altura numa área que não é a sua. O preço do book reflecte o tempo gasto com o trabalho pelo fotógrafo; o material e equipamento utilizados, as deslocações efectuadas, o número de fotografias com que o modelo ficará… Diferentes fotógrafos cobrarão diferentes preços para trabalhos semelhantes. A profissão de fotógrafo é um trabalho independente, remunerado também de acordo com o talento, prestígio e fama do autor (tal como o trabalho de modelo). Poderá verificar que, ao pedir orçamento para a realização de fotografias para um book, o preço é um pouco mais elevado do que estava á espera. Neste caso antes de avançar, analise se o preço pedido é justo ou é especulativo em relação ao trabalho a realizar. Se fôr especulativo não deverá prosseguir. Pelo contrário um preço justo, mesmo que seja elevado será sempre um investimento em si próprio(a). Muito mais importante do que o preço, é o tipo de trabalho que o fotógrafo poderá realizar; o que poderá imaginar através da analise do seu portfolio. Na escolha de um fotógrafo, o preço é secundário. As fotografias para o seu book não são uma despesa qualquer, são um investimento de importância considerável.
APRENDENDO COMO SER FOTOGRAFADA
A realização de fotografias para o seu portfólio é também uma forma de aprendizagem. Na primeira sessão é normal que ainda não se sinta completamente á vontade. No decorrer das sessões fotográficas a performance do modelo melhora consideravelmente. Neste caso, o modelo que é humilde e segue as indicações do fotógrafo costuma realizar os maiores progressos. É também no decorrer das sessões que o fotógrafo vai melhorando a sua percepção quanto aos pontos fortes e pontos fracos do modelo; que métodos funcionam e que métodos não funcionam. Podem acontecer que no final, as fotografias escolhidas pertençam quase todas da última sessão realizada das fotos. Por isso não é pouco provável que um profissional consiga definir quantas fotos serão necessárias para finalizar um book.
(4) POSTURA ÉTICA
ATITUDES DE UMA MODELO PROFISSIONAL AO SER CONVIDADA PARA UMA SELEÇÃO
Seja pontual; pontualidade é sinal de responsabilidade. – Vá bem vestido (a), com roupas básicas, mas que valorizem seu corpo. – As meninas deverão ir preferencialmente de salto e levemente maquiadas. – Seja comunicativo (a), porém limite-se a responder o que o cliente lhe perguntar e não fuja do assunto. – Não use gírias ao falar com um cliente; também não faça perguntas sobre valor de cachê, data de pagamento ou quando sairá o resultado do teste, esses ou outros esclarecimentos sobre o trabalho, deverão ser feitos com o booker, jamais com o cliente. – Não masque chicletes e tenha cuidado com a postura perante o cliente, pois ela fará muita diferença na hora da escolha do(a) modelo. – Na sala de teste permaneça de pé, só sente-se caso o cliente permita. – Não confirme sua presença no teste, caso saiba que não poderá comparecer ao processo seletivo ou ao trabalho. – Nunca forneça seu telefone pessoal ao cliente, qualquer contato com o mesmo deverá ser feito exclusivamente pela agência. - Compareça aos testes sempre munido de seu material fotográfico (book e composite). – A agência após ter o resultado da seleção entrará em contato apenas com os aprovados, sendo assim não existe prazo estipulado para o resultado da seleção. – Responsabilidade é uma regra básica para quem quer proseguir nesta profissão. APÓS SER CONTRATADO (A) PARA UM TRABALHO: Chegue ao local com 30 minutos do horário marcado. Procure obter o maior número de informações da empresa contratante. Seguir corretamente todas as instruções do trabalho. Caso ocorra uma eventualidade que impossibilite a realização do trabalho por parte do (a) modelo é obrigatório que avise com antecedência para que a agência tome as devidas providências. Nunca fazer qualquer crítica em relação ao produto em que se está trabalhando. Sempre mantenha um comportamento ético. O cliente tem por direito substituir o (a) modelo se o trabalho do mesmo não estiver agradando. Jamais manter qualquer tipo de relação extra profissional durante o trabalho. Durante os trabalhos é proibido a permanência de acompanhantes, com exceção de alguns trabalhos onde os responsáveis por menores poderão acompanhar com autorização prévia da agência. Nem todos os trabalhos permitem o uso de bijuterias, fique atento a isso. Caso o cliente estipule uma produção (uniforme, cabelo e maquiagem) ela deverá ser seguida até o término do trabalho. A modelo deverá estar sempre com sobrancelhas e buço depilados e unhas feitas, com esmalte claro. Sendo determinado o uso de uniforme durante o trabalho, o mesmo deverá ser mantido impecável e devolvido em até 5 dias após o término do trabalho, qualquer dano ao mesmo é de total responsabilidade do (a) modelo. Na presença de artistas ou pessoas do meio durante qualquer tipo de trabalho, jamais tire fotos ou peça autógrafos, comporte-se profissionalmente. Qualquer reclamação sobre trabalho deverá ser feita diretamente à agência, nunca ao cliente.

(5) CONSELHOS ÚTEIS
CONSELHOS A QUEM PRETENDE SER MODELO
Certifique-se de que pode ser uma grande modelo. Este mercado não é para quem é mais ou menos. É só para as competentes.Comece procurando sempre o melhor: a melhor escola de modelos, a melhor agência, o melhor mercado. Busque só os melhores. Se várias pessoas disserem que você não é adequada para a carreira, é melhor acreditar, a menos que tenha um bom agente que saiba por você. Mantenha a família envolvida em todas as etapas da carreira. É uma carreira curta. Depois de dez anos, a pessoa volta à vida normal. É importante se preprarar para este momento. Aprenda inglês para conduzir a carreira. Muitas meninas se perdem por não conseguirem se comunicar. Mandamento número 1: a primeira impressão é a que fica. Todos os dias você deve manter a boa aparência e também uma boa atitude para impressionar as pessoas. Você não terá a oportunidade de encontrar casualmente o editor da Vogue duas vezes. O mercado é volúvel, trata as modelos como objeto, e quando elas vencem na carreira, passam a ser tratadas de outra maneira. É importante a modelo não acreditar que o mundo também é um objeto. Elas precisam ter respeito para com as pessoas e para com elas mesmas.
CONSELHOS IMPORTANTÍSSIMOS AOS PAIS
Telefonar e estar sempre presente. Não acredite nunca que a filha é independente. Uma jovem de 16 anos, não importa o seu modo de viver, será sempre uma criança de 16 anos. – A presença dos pais é fundamental. Por exemplo, conheci uma mãe que toda vez que a filha mudava de cidade, ela ia antes e checava se estava tudo em ordem, enchia a geladeira e tefonava sempre. É raro ver pais presentes. – Não é na adolescência que os pais conseguem educar os filhos. A base vem antes, na infância, é ela que resolve tudo. Há modelos que desde os 14 anos vivem em Nova York ou na Europa sem os pais. É a educação de casa que garante a base para a vida.
(6) CARREIRA DE MODELO
A CARREIRA DE MODELO
Modelo como a palavra diz, é aquela ou aquele que representa o ideal, uma pessoa digna de ser imitada, que é um molde por corresponder ao padrão de beleza e comportamento de uma época. Uma modelo é, antes de qualquer coisa e acima de tudo, uma mercadoria. A modelo é exatamente igual a uma calça jeans exposta na arara da loja, ou seja, será observada, avaliada, julgada e talvez escolhida. Existem dois caminhos possíveis dentro do universo da carreira de modelo. O primeiro é o comercial, o de anúncios e catálogos. O segundo é o editorial, o das passarelas e das seções de moda das revistas – também conhecido como Fashion. No comercial a modelo ganha bem, mas não tem visibilidade. No editorial existe menos dinheiro, mas ampla visibilidade. Uma aspirante a modelo fashion tem que saber que para entrar neste mercado tão competitivo ela tem que ter mais de 1.70 metro e pesar de 15 a 20 quilos a menos do que a altura, se você não tiver estas medidas, não desanime, nada impede de você ser uma modelo comercial de sucesso, desde que é claro esteja bem preparada para o mercado.
O VOCABULÁRIO DO MODELO
ACERVO:
Local onde é guardado o material (roupas, sapatos, acessórios…) que as produtoras recebem das lojas para vestir os modelos nos editoriais e desfiles.
APONTAMENTO:
Visita marcada para o modelo ser apresentado ao cliente. AGÊNCIA-MÃE – É a agência responsável pelo planejamento e acompanhamento da carreira do modelo. Geralmente é a agência que revelou o modelo para o meio, ou foi a primeira a agência-la.
ARARA:
Estrutura de metal ou madeira sobre rodas. Serve para as produtoras pendurarem roupas que serão usadas em um editorial ou desfile de moda.
BOOK:
Pasta ou álbum com fotos de rosto e corpo inteiro. Tem a finalidade de mostrar a versatilidade, a fotogenia e a personalidade do modelo.
BOOKER:
Profissional responsável pelo agenciamento e negociação do cachê do modelo junto ao cliente.
CALL-BACK:
Após a seleção através do casting, os selecionados são chamados pelo cliente para uma seleção mais rigorosa.
CAST:
Elenco de uma agência de modelos.
CASTING :
São as fotos e dados dos modelos de uma agência, com o perfil solicitado pelo cliente para a seleção de algum trabalho.
COMPOSITE:
Um cartão de visita grande, com nome, fotos do modelo, medidas, cor dos olhos, cabelo e pele. Além dos dados para contato com a agência do modelo.
CHARTER:
É a planilha com todos os dados relacionados à agenda de trabalho dos modelos.
EDITORIAL:
São as matérias de uma publicação sobre os mais diversos temas.
FOTOGENIA:
Ter um bom perfil para ser fotografado. Sair bem nas fotos.

FREE-LANCE:
Profissional que trabalha por conta própria.
LOOK :
Produção visual de cabelo, maquiagem, figurino e acessórios que compõem o estilo do modelo em um determinado trabalho.
MAKING OF:
Bastidores de uma filmagem ou sessão de fotos.
MAKE-UP:
Maquiagem.
METIER :
Meio específico de uma determinada categoria profissional
NEW FACE:
Aquele que acaba de ingressar na carreira de modelo.
OPEN CALL:
Hora definida para aspirantes a modelo visitarem uma agência, e a agência conhecer os pretendentes.
PORTFÓLIO:
Pasta de apresentação com os melhores trabalhos do cliente.
PRÉ-EDITADO:
Dizem-se quando o modelo foi selecionado para um trabalho (geralmente por foto) e deve aguardar uma decisão final
PRÊT-A-PORTER:
(Pronta para vestir) – Coleção que não é feita sob encomenda. Roupas que não são feitas sob medida.
PRODUTOR DE MODA:
Profissional que escolhe as roupas, destacando o que o modelo tem de melhor.
PROVA DE ROUPA:
Antes de um desfile ou trabalho de showroom, são feitos os últimos ajustes na roupa, sendo decidido o que o modelo irá usar e em quantas entradas.
SCOUTER:
(Olheiro) – Pessoa ligada a uma agência, que freqüenta lugares com público jovem em busca de novos talentos.
STILL:
Fotografia de produtos.
TAKES:
Tomadas de imagem em foto ou filme.
TOP MODEL:
Modelo que faz trabalhos prestigiados. Esta no topo da carreira.
VIDEO BOOK:
Book feito em vídeo, incluindo trabalhos já realizados, muito bons e recomendado para quem pretende figurar em comerciais de TV e até mesmo como ator e atriz.
WORKSHOP:
Espécie de curso intensivo, onde se tenta passar o máximo de informação em um mínimo de tempo.

Profissionais da moda...


O que é certo

1. Fazer ginástica todos os dias.
2. Ingerir suco natural, vitaminas, chá ou leite, de acordo com suas necessidades e horário.

3. Comer frutas, legumes, verduras, carnes de cor branca (peixe e frango), pão e biscoito integrais.

4. E só beber líquidos antes ou depois das refeições. E procurar sempre diversificar as refeições.
5. Praticar esportes - natação é o melhor exemplo.

6. Dormir e acordar cedo.

7. Ser discreta, observar os horários, cumprir corretamente seus compromissos, desfilar com naturalidade e criar seu próprio estilo.

8. Cuidar dos dentes indo ao dentista e procurar um profissional para cuidar das madeixas (cabelos).

9. Manter sempre a postura correta, expor-se ao sol nos horários corretos, usar roupas e maquiagem apropriadas de acordo com lugares e horários em que for freqüentar.

O que errado
1. Fumar, ingerir bebidas alcoólicas, café, chocolate, refrigerantes e sucos artificiais.
2. Comer massas, doces e frituras (fazê-lo no máximo duas vezes por semana).
3. Comer carnes escuras e comidas com alto índice de gordura.
4. Comer em exagero ou excesso antes de dormir.
5. Ingerir líquido durante as refeições.
6. Andar, sentar sem postura, praticar ou fazer ginástica sem ter certeza se realmente está sendo feita corretamente.
7. Fazer comentários sobre os colegas de profissão.
8. Dormir, acordar tarde e atrasar-se em seus compromissos.
9. Copiar nos mínimos detalhes qualquer profissional.
Requisitos para  ingressar na carreira de Modelo e Manequim
Beleza e graça. Estes são os requisitos básicos para se inscrever em um curso .
- Se a sua meta é trilhar o caminho que estrelas da moda percorreram, então se prepare, pois não basta ter talento: é preciso disposição para encarar o trabalho que surge pela frente.
Quem dá as dicas para ingressar no elenco de uma agência e vencer no mundo das passarelas e estúdios é Sandro Henrique, de 37 anos, que exerce a profissão de produtor de eventos e de professor do curso de modelo e manequim há 22 anos. “Está em alta a beleza exótica. As agências de modelos querem investir em um novo rosto. A beleza padrão não está sendo tão valorizada como antes. No Brasil, principalmente, o que se procura é a beleza exótica. Apesar de a garota não precisar ser um complexo de beleza para trabalhar como manequim de passarela ou modelo fotográfico, as agências buscam, um conjunto de qualidades”, diz.
Alguns detalhes precisam ser observados, já que a garota será analisada da cabeça aos pés: cabelos bem cuidados; dentes perfeitos e brancos (sem aparelhos fixos de correção); corpo sem celulites, estrias, manchas, cicatrizes ou tatuagem, ou caso existam, dependendo da localização, que sejam disfarçadas; mãos e unhas bem cuidadas; e jamais roer as unhas. Mais que um “book”, o ideal é o “composite”.
- As meninas precisam tomar muito cuidado com o “book”. Fotógrafos prometendo pôr o mundo a seus pés existem de sobra. Aconselho que se trabalhe com uma agência reconhecida, caso contrário, a garota corre o risco de perder tempo e dinheiro e ainda queimar suas chances - alerta Sena.
É nítida a diferença entre fotos com e sem produção. O trabalho profissional inclui, primeiramente, a ajuda de um cabeleireiro e de um maquiador, que vão valorizar a beleza da garota. E um produtor, que vai combinar roupas com o local e o tempo de cada foto. Antes de tudo, é feito um teste de fotogenia, para que se descubram os melhores ângulos a serem explorados. O resultado final, assinado por uma agência, chama-se “composite”. O “composite” é o modelo profissional mais usado.
Ao contrário do “book”, ele não tem muitas páginas, é, portanto, mais prático e direto. Consiste em uma única folha de alta qualidade, com uma foto de rosto grande e o nome da garota na frente, e fotos menores, de corpo, de perfil, no verso. Também no verso devem estar impressas informações mais detalhadas da modelo (altura, cintura, quadril, busto, manequim, sapatos, olhos e cabelos), escritas em português e inglês.
Importante Profissionalismo
Boas maneiras e profissionalismo são fundamentais. Além das noções de passarela e poses para fotos, os cursos para modelos e manequins ensinam boas maneiras (como se comportar em eventos diversos, como recepções e jantares). E tratam também da postura ética que uma profissional da moda deve ter para fazer sucesso. “A menina precisa se preocupar com sua imagem dentro e fora das passarelas: virar noites em bares e boates, dormir mal, não se alimentar bem, andar mal arrumada, são atitudes que fazem ‘queimar o filme’ da garota rapidamente”,
Outra coisa: apesar de ser assessorada por uma agência ou um agente, é importante que a modelo esteja atenta aos seus direitos, às cláusulas de cada contrato, às exigências do seu mercado de trabalho. Ela precisa estar sempre bem informada e, para isso, não deve abandonar os estudos. E é preciso ter bom senso antes de se inscrever num curso. O biótipo padrão é o mais indicado: magra, alta, elegante no caminhar; na maioria das vezes, medir de 1,70m até 1,80m, manequim 36/38. Não há idade limite, mas ter entre 12 e 17 anos é uma vantagem, pois a agência pode investir por mais tempo na formação da profissional.

E lembre-se. Manequim é o(a) profissional de passarela; aquele(a) que desfila roupa, sapatos e acessórios. Modelo é o(a) profissional da publicidade, que faz fotos e filmes publicitários. Uma mesma pessoa pode exercer essas duas atividades. “O curso pode trazer novos horizontes, não é somente para ser modelo e manequim. Ele pode ser benéfico para a vida toda”,

Passo a passo para se tornar modelo e manequim


1 - Fazer um curso ou aprender a desfilar.

2 - Fazer algumas fotos (sem muita produção) com um fotógrafo da área.

3 - Enviar fotos, procurar diretamente uma grande agência ou entrar em
alguma agência pequena para adquirir experiência.

4 - Participar de grandes concursos.

5 - Existem duas áreas de atuação para manequim e modelo. Não importam
raça, origem, classe social, cor de olhos ou cabelos. Para definir
quem pode ou não se tornar modelo, as medidas são decisivas: altura,
mais de 1,70m (meninas) e mais de 1,80m (meninos); quadril, até 90cm
(meninas).

6 - Modelo “fashion” é aquela pessoa que faz desfiles em passarelas. O
ideal é que seja alta e magra. Não é necessário que seja tão bonita, e
pode ter uma beleza diferente (meio exótica). Se você não tem essas
medidas, mas quer se tornar modelo, não se desespere, você pode
trabalhar como modelo comercial.

7 - Modelo comercial é aquela que faz fotos e comerciais. Não é
necessário um corpo perfeito, isto é, mesmo as pessoas mais baixinhas
ou um pouco gordinhas podem alcançar sucesso nesta área. Neste caso,
tem-se de ser fotogênico e expressivo.

8 - Para entrar nessa carreira é preciso fazer algumas fotos
produzidas por um fotógrafo da área. Qualquer “book”, que pode variar
de quatro a 30 fotos coloridas/PB, de preferência no tamanho 24cm x
30cm e não 20cm x 30cm, como acredita a maioria.

9 - Para se sobressair como manequim ou modelo, você precisa ter:
pontualidade, disposição, desinibição e independência.
10 - Cuidado com pessoas que se identificam como caçadores de
talentos. Anotar o nome e telefone da agência que elas dizem
trabalhar. Desconfie quando fizerem muitas promessas. Há muitos falsos
“caçadores de talentos” que iludem as candidatas a modelos.

11 - Evitar também as excursões que levam modelos para os grandes
centros, como Rio de Janeiro e São Paulo. Procure entrar em contato
diretamente com a agência.

12 - Enviar uma carta acompanhada de fotos a uma ou várias agências é
o primeiro grande passo. Sobre a base de fotos enviadas, a agência
fará uma primeira seleção. Se você chamou a atenção de um “booker”, a
agência deverá enviar você para fazer um teste de fotogenia. Se este
teste for positivo, a agência contatará você e o enviará a um
“casting”. Mas o caminho para os desfiles ainda será longo.
13 - Vários concursos são organizados nas cidades brasileiras como
também no exterior. Você deve participar. Existem concursos de
agências de modelo e manequim em que o primeiro prêmio é um contrato
com a agência. Esta é uma das principais maneiras de entrar na
profissão. Mesmo quando não se alcança a primeira colocação, a
participação do evento já é importante, pois o júri é normalmente
constituído por profissionais que poderão encontrar uma “pérola rara”
em quinta posição.

O certo e o errado na carreira de modelo e manequim; dicas para entrar no mercado de trabalho e não cair em ‘arapucas’

Bastam corpo e rosto bonitos para se tornar estrela da moda, certo?
Errado. Na carreira de modelo e manequim é preciso muito mais: atuar,
desfilar, convencer o público de que tal produto é bom e passar
credibilidade. O mercado de trabalho é rigoroso. É preciso saber o
certo e o errado na carreira e, principalmente, algumas dicas para não
cair em “arapucas”.  Ser modelo vai além da beleza, requer talento,
atitude, coerência e criatividade. O modelo tem que estar pronto para
verdadeiras batalhas para conseguir uma campanha publicitária – diz o
produtor de eventos de moda Sandro Henrique, que ministra cursos na
região e no Rio. É importante também que, mesmo que o modelo tenha
experiência, não deixe de se aperfeiçoar, de buscar novos
conhecimentos, pois o mundo da moda gira muito rápido: o que é moderno
hoje já pode ser ultrapassado amanhã. “Modelos aparecem e desaparecem
em questão de meses. Uma carreira, para durar anos, é preciso muito
esforço e dedicação. Saber aproveitar as oportunidades e buscar
informação também podem ajudar muito na profissão”, alerta. O diretor
de arte de eventos de moda Luciano Sena lembra que antes de dar o
primeiro passo na carreira a candidata a modelo deve fazer uma
auto-avaliação, certificar-se de que ela realmente preenche os
requisitos básicos para se tornar profissional: E, logo após, procurar
um profissional da área que possa avaliar sua chance de entrar no
mercado da moda. Após este processo, ela estará pronta para dar o
primeiro passo, investindo num curso profissionalizante. Mas atenção:
O fato de fazer um curso de modelo não levará ninguém ao estrelato.
“Tudo dependerá do seu esforço e talento. Não existe sucesso rápido,
muito menos sucesso sem investimento pessoal, todas as pessoas famosas
investiram anos de suas vidas se aprimorando, quebrando barreiras e
preconceitos, foram à luta para buscar suas oportunidades. Por isso,
são admiradas e fazem sucesso”, fala Sandro Henrique. Atualmente, há
no mercado vários cursos de modelos, alguns deles excelentes, onde o
aluno mesmo não se tornando profissional sairá com uma boa base de
informação que poderá ser usada em outras áreas. Além de levar consigo
conhecimentos que serão aproveitados pelo resto da vida, por exemplo:
boa postura, facilidade para se comunicar em público e cuidado com a
pele, entre outros. São cursos freqüentados também por pessoas que não
visam a carreira de modelo, normalmente são filhas de grandes
empresários, advogadas, médicas, pessoas que no seu dia a dia têm
contato direto com o público. Da mesma forma, existem os cursos
caça-níqueis, onde o modelo investe, aprende técnicas ultrapassadas,
não é bem orientado, e ainda pode ter sérios problemas de postura.
Normalmente são instrutores sem nenhuma formação na área da moda, a
maioria das vezes não têm endereço fixo, prometem o que nunca vão
cumprir, ministram cursos rápidos e desaparecem do mapa. Por tudo
isso, é sempre bom ficar atento a detalhes. CURSOS – Um curso básico
deve proporcionar uma formação teórica e prática. Alguns tópicos são
essenciais, como andamento, postura, elegância, noções de etiqueta,
comportamento social, ética profissional, relações humanas e
palestras. É possível encontrar também cursos com inovações, por
exemplo: com ênfase na transparência e na certeza de que a auto-estima
é fundamental. Contam ponto ainda os cursos que oferecem palestras com
psicólogos, advogados, nutricionistas, cabeleireiros, maquiadores e
produtores.

                                                                                                                               

Nenhum comentário:

Postar um comentário